Dicas para revender lingerie com excelentes lucros

revender-lingerie

O ano de 2014 estava acabando, estávamos precisamente no mês de novembro, onde logo as festas de final de ano se aproximavam e Jorge abalado pela crise, perderá seu emprego tradicional, onde trabalhava a mais de 12 anos.

Jorge já vinha passando por uma crise ainda maior, uma crise pessoal que havia abalado sua vida familiar e financeira durante anos.

Apôs ser despedido de sua atividade tradicional, as coisas só pioraram e o jeito seria o de se reinventar.

Jorge com o auxílio de sua esposa Mônica, deram o pontapé inicial ainda naquele conturbado, criando uma revenda simples de lingerie e moda intima em geral.

E para surpresa até de seus muitos credores, o casal conseguiu em apenas 06 meses, efetuar todos os pagamentos moras e juros. Aquele negócio decolou, graças muito estudo, trabalho e perseverança.

Abaixo confira algumas dicas do casal sobre como montar uma revenda ou revender lingeries com excelentes lucros.

Revendendo lingeries o casal se reinventou!

Em tempos de crise, o segredo para não ficar para trás é se reinventar. Prova disso é a quantidade de pessoas que está mudando de profissão e atuando em segmentos que jamais imaginaram atuar.

E se você está pensando em tornar-se vendedor autônomo, que tal entrar no ramo de revenda de lingeries? Se você já pensou sobre o assunto e já simpatiza com a ideia, temos algumas dicas para você tornar-se a nova sensação do momento em vendas de lingeries. Vamos a elas:

*Preço e prazo de entrega: Se a conta da sua cliente foi alta, que tal oferecer um descontinho (ou uma alternativa mais barata)? Isso fará com que as clientes confiem em você e no seu gosto.

Além disso, clientes não gostam de esperar muito para receber os produtos que compraram, portanto mantenha um estoque com as principais peças. Com o tempo, você irá percebendo o que tem boa saída e o que deve manter.

*Conheça os gostos das suas clientes – Conhecer suas clientes também engloba saber quais as suas preferências e expectativas.

Com o tempo, algumas se tornarão clientes fiéis e, a partir de suas compras, será possível traçar um perfil das cores, tamanhos e modelos que mais agradam o público para investir principalmente nessas peças.

*Seja criativa(o) – Você já parou para pensar em quantas pessoas vendem lingerie no seu bairro? Não seja só mais uma: crie diferenciais que farão as clientes optar por comprar de você.

Mesmo que o seu produto seja igual aos demais, você pode criar cestas temáticas e até incluir itens eróticos ou sabonetes, por exemplo. Ou que tal organizar um bingo com aqueles produtos que deram uma encalhada em seu estoque?

*Seja cordial e receptiva – Você pode reservar um espaço confortável de sua casa para receber as clientes. Caso tenha marcado de visitar algum grupo, seja pontual. Esclareça as dúvidas de suas clientes com interesse e trate-as sempre gentilmente.

Só dê a sua opinião quando ela for solicitada diretamente, mas seja sutil ao dizer que determinada peça não ficou boa na cliente. Agir sempre com respeito e responsabilidade são qualidades que conquistam o público.